domingo, 3 de maio de 2015

Renovar ou não renovar, eis a questão



Desde que eu cheguei na Austrália eu ouço pessoas comentando sobre renovação de VISTO. No Brasil você faz todos os procedimentos e paga um período específico em alguma escola (pode - e deve - mudar de curso como informei nesse artigo). Ou seja, você não vai pagar por vários anos na mesma escola, seria um risco muito grande e uma GRANDE quantia em dinheiro a ser investida.

A grande maioria das pessoas que vieram para cá como estudante contrataram de 4 a 12 meses de curso (mas o mais comum são 6 meses). Após o quinto mês é necessário pensar na renovação (ou não) do visto e, como estudante, você possui algumas opções:

Renovar o Visto de Estudante

Essa é a escolha preferida entre os brasileiros pois garante a estadia na Austrália por mais um longo período. Você pode continuar com o curso de inglês específico (Cambridge, IELTS, TOEFL, etc) ou realizar algum certificado em uma área.

Dica: Escolas de inglês com preços "mais em conta" NÃO possuem qualidade. Você vai perder seu tempo e dinheiro nesse caso só para extender o seu visto.

Dica: Cuidado com os cursos "mais em conta" que parecem ser ótimos para sua carreira pois são parecidos com alguma pós-graduação ou MBA no Brasil. Maior engano possível, esse é o maior exemplo de "segura visto" que eu presenciei aqui pois você frequenta 1 ou 2 vezes na semana do "curso" que não tem a qualidade e a experiência que você gostaria de desenvolver.

Dica: Não economize se você pretende estudar inglês ou mesmo se especializar. Escolas de inglês de qualidade valem o investimento e cursos específicos renomados são TAFE (Technical and Further Education) ou em Universidade.

Após escolhar o curso você deverá pagar o valor da renovação do visto, a inscrição no curso (mais valor de material), o curso e comprovar que você tem condições financeiras de viver esse tempo requisitado (comprovar 1550 AUD para cada mês).

O processo é bem mais simples e rápido do que o primeiro visto e não há dificuldades em ser aprovado até porque você está morando na Austrália (sua agência irá ajudar no processo).

Visto de Turista

Essa opção é para aqueles que pretendem ficar mais um tempo na Austrália para viajar e conhecer melhor o país. Normalmente as pessoas que aplicam para esse visto já estão confiantes e satisfeitas com seu amadurecimento na língua inglesa e com sua evolução (existem outros casos com relação a situação financeira, algum problemas familiar, etc).

Viagens para a Ásia nesse período também são bem características pois os preços das passagens são extremamente baixos tendo em vista o fácil acesso e a quantidade de voos disponíveis.

Dica: O tempo máximo que você pode ficar com o visto de turista na Austrália é de 3 meses (se você pretende ficar mais do que isso é necessário ter um plano de viagem bem estruturado para apresentar assim como o motivo detalhado).

Dica: Você pode solicitar online e a resposta chega em 1 dia (no máximo 6 dias).

Dica: Ao aplicar para esse visto, o seu visto de estudante é automaticamente CANCELADO. Lembre-se de realizar esse processo no final do seu visto de estudante para não ter problema.

Dica: É PROIBIDO trabalhar nesse visto!

Working Holiday Visa (brasileiros com dupla cidadania)

Não é somente dupla cidadania, precisa ser um país que possui o WHV na Austrália. Além disso o candidato precisa realizar o TOEFL ou IELTS e conseguir uma boa nota para o WHV ser concedido (existe um limite de vistos disponibilizados por país em cada ano).

Esse visto é bom para quem deseja trabalhar sem restrição de horas (é possível realizar algum curso durante o período porém não é necessário).

Dica: O WHV é válido por 1 ano. Para renovar é necessário realizar algum trabalho na fazenda por 3 meses e após essa estadia o visto é concedido por mais 1 ano.

Outros tipos de visto

Existem alguns tipos de vistos para nós brasileiros (além dos mais desejados mundialmente como o Sponsorship 457). Para entender mais sobre os vistos disponíveis para brasileiros veja a página de Vistos no blog (link). Existem outros tipos de visto relacionados a trabalho e união estável também (para ter acesso a todos os tipos de vistos disponibilizados pelo governo australiano clique aqui).
Tonny Abbot (Primeiro Ministro da Austrália) inconformado como você conseguiu o visto (ou renovação)

Não renovar

Com certeza a forma mais simples pois não é necessário realizar nenhum processo burocrático. Você possui a passagem de volta para o Brasil e a única coisa a fazer é ir até o aeroporto e encarar as eternas horas de voo.


Lembrando que não existe certo ou errado, melhor ou pior. Na minha opinião os seus planos aqui na Austrália (mais especificamente na sua vida em geral) vão mudar consideravelmente pelo menos umas 5 vezes e isso não é ruim! Não tenha vergonha de mudar de idéia, não tenha vergonha de pensar!

Pessoas possuem objetivos bem diferentes mas o fato de você ter vindo até o outro lado do mundo e enfrentado esse desafio eu posso GARANTIR que independente do tempo que você vai passar por aqui vai VALER A PENA e fará A diferença na sua vida.


E o Filipe?

Quer saber qual foi minha decisão com relação ao visto? Em breve publicarei meus pensamentos, planos e também o racional da minha decisão. Está de acordo com o meu plano inicial e está totalmente relacionado com metas de vida (pessoal e profissional).

"Planning all the time..."
Filipe Guerrero Analista de Projetos/Processos

Nenhum comentário:

Postar um comentário