quinta-feira, 7 de maio de 2015

Nem tudo são flores...



Outro dia estava pensando como a vida aqui na Austrália tem seus altos e baixos mas raramente alguém se preocupará com os pontos baixos (ou mais incomuns na sua visão) antes de vir para cá. As preocupações quando você está planejando morar fora por um tempo são somente relacionadas ao novo, ao diferente, ao aprendizado com foco no futuro.

E então você imagina que sua vida vai melhorar 100% e que tudo vai ser uma maravilha pois você está indo para um país de primeiro mundo onde tudo acontece conforme planejado.

Calma, nem tudo são flores...e não é todo risco que você conseguirá mitigar.

Problemas, dificuldades, desafios e situações não confortáveis ocorrem no mundo todo, até mesmo na Austrália. Não pense que morando em um país considerado de 1º mundo que você será imune a problemas. Os desafios são outros mas garanto a vocês que os problemas/dificuldades aqui também existem, são bem diferentes do que você está "acostumado" mas irá causar o mesmo sentimento de revolta.

Eu acredito que ao se estabilizar em um novo país você começa a perceber como realmente funcionam os processos, como realmente sua vida está se encaminhando, como você precisa se virar para buscar o melhor de você mesmo. A partir de um momento você não é considerado mais um turista, você está inserido na sociedade/cultura e então começa a enxergar diversos pontos de vista (político, religioso, governamental, humano, social) com relação ao país e como isso afeta a sua vida.

Raciocinando....
É necessário uma mente focada e madura o suficiente para encarar essa transição que não é fácil. Vi e continuo vendo muitas pessoas esquecerem do principal motivo de suas vindas para cá e o resultado disso é acabar se acomodando na situação presente, ou seja, não há evolução pessoal e muito menos profissional, é o que eu chamo de desevolução (onde você começa uma grande mudança na sua vida mas em certo ponto você começa a decrescer drasticamente).

É comum ver pessoas aqui que comparam suas vidas com a vida que tinham no país de origem mas eu me pergunto: quais os problemas que eles estão enfrentando agora? Será que são tão diferentes assim? Será que os sentimentos são diferentes? Muitas vezes o sofrimento (pessoal, profissional, frustrações) não necessariamente precisam estar escancarados, talvez você nem consiga reparar em algo que está consumindo você e se não agir rapidamente você corre o risco de ficar lamentando sobre sua vida ou alcançar certo grau de depressão (a doença do século), não estou exagerando é mais comum do que você imagina.
Cuidado!
Aí você me pergunta: Como morar na AUSTRÁLIA pode ter alguma dificuldade, algum problema? 
A vida não é um conto de fadas e aqui você terá que aprender a conviver não só com culturas diferentes, idioma diferente, leis diferentes, situações diferentes, muitas coisas que serão simples de enfrentar e UM MONTE que serão bem difíceis, mas o principal será aprender a lidar com você mesmo. Uma explosão de sentimentos, idéias, planos e tudo mais vai invadir literalmente sua cabeça e proporcionar as mais diversas reações.

Autoconhecimento
Não aceite certas situações pelo simples fato de você ser "estrangeiro", não é porque você está em um país diferente do seu que você deve ser inferior aos nativos e baixar a cabeça. Somos seres humanos e TODOS merecem respeito mesmo se a cultura for totalmente diferente. Entenda que dificuldades e problemas OCORRERÃO, não tem como fugir desse fato, mas esteja disposto a encarar sem medo o desafio.

Desafios...
Acredito que evoluímos demais ao enfrentar um desafio não esperado ou que faz a gente sentir medo. Como dizia uma música: "Todo dia enfrente pelo menos uma coisa que te meta medo de verdade". Não é poesia, é a mais pura realidade, é a mais pura aquisição de conhecimento e experiência.

Não pense muito e faça!
Sim, eu continuo amando a Austrália! Esse país é fenomenal! E como todo país ela tem váários problemas e eu enfrentei (estou enfrentando) muitas dificuldades por aqui.

Não pense que dificuldades, situações inconfortáveis, problemas são um atraso na sua vida. Muito pelo contrário! Aprenda a conviver com eles! Concorda comigo que a vida seria MUITO chata se tudo fosse fácil? Conforme o tempo passa as experiências de vida o tornam uma pessoa mais completa, mais vivida e os problemas são transformados em possíveis soluções para o futuro. Esse é um ciclo que no final das contas acaba resultando em coisas boas (pois é, para mim o copo está sempre meio cheio - não entendeu? Confira aqui e aqui a teoria do copo meio cheio ou meio vazio).

Os melhores momentos são equivalentes aos maiores desafios. A sensação de realização ao solucionar um problema mostrará o quanto você é capaz e em outro país essa sensação é multiplicada por 10.

Viva intensamente e veja cada momento (bom ou ruim) como um novo aprendizado, um novo conhecimento. 

E NUNCA esqueça de seus valores e mantenha o foco mate.



"Facing life's challenges"
Filipe Guerrero Analista de Projetos/Processos

Nenhum comentário:

Postar um comentário